domingo, 26 de agosto de 2018

Papéis Velhos - CONTOS (livros em PDF)


"Papéis Velhos" é um trabalho de pesquisa com o qual o "Projeto Livro Livre" busca facilitar - tematicamente - a pesquisa e o acesso a obras digitais disponíveis na Rede Mundial de Computadores, todas elas em Domínio Público e oriundas dos grandes acervos no idioma português, tais como: Domínio Público, Google Books, Biblioteca Brasiliana da USP, Biblioteca Digital de Literaturas de LínguaPortuguesa, Biblioteca Digital da Unicamp, Biblioteca Digital Nacional, BibliotecaPública Benedito Leite, Biblioteca Nacional de Portugal, Internet ArchiveProjects, Arquivo Público do Estado de São Paulo, entre muitos outros.

Todos os livros aqui reunidos buscam preservar a integridade e a autenticidade da fonte, o que inclui a manutenção da ortografia original de acordo com o processo de digitalização dos respectivos acervos.

Para um melhor aproveitamento do conteúdo digital, muitas dessas serão adaptadas ao padrão ortográfico atual, mediante um modelo gráfico que torne a leitura mais fluida e proveitosa.

A todos, boa leitura!

Iba Mendes
iba@ibamendes.com



Livros em PDF

Abel Botelho - Mulheres da Beira  🔻
Adolfo Coelho - Contos Populares Portugueses (1879)  🔻
A casa de Duas Portas (tradução, 1839)  🔻
Afonso Botelho - Contos (1894)  🔻
Afonso Celso - Notas e ficções  🔻
Afonso de Taunay - Coisas de tempos idos (Conto Avulso)  🔻
Alberto Pimentel - Ao correr da pena (contos, 1869)  🔻
Alexandre Herculano - 1. A Dama Pé-de-Cabra, 2. O Bispo Negro, 3. A Morte do Lidador, 4. O Pároco da Aldeia ( 1877)  🔻
Alfredo Bastos - Fantasias (1879)  🔻
Almachio Diniz - Mundanismos (1911)  🔻
Alphonse Daudet - O Cerco de Paris (Conto Avulso)  🔻
Aluísio Azevedo - Demônios (1893)  🔻
Aluísio Azevedo - O Esqueleto (1944)  🔻
Aluísio Azevedo - Pégadas   🔻
Álvares de Azevedo - A noite na taverna (1878)  🔻
Álvaro de Carvalhal -  Contos, Precedido de um estudo bibliográfico por Simões Dias (1876)  🔻
Anatole France - A Jactância de Olivier (Conto Avulso, 1920)  🔻
Anatole France - A Paixão do Jogo (Conto Avulso)  🔻
Anatole France - Furto Doméstico (Conto Avulso, 1945)  🔻
Anatole France - Mademoiselle Roxane (Conto Avulso, 1925)  🔻
Anatole France - Nicolau Nerli (Conto Avulso)  🔻
Anatole le Braz - O fogo da Sexta-Feira Santa (Conto Avulso, 1921)  🔻
Antônio Patrício - Serão Inquieto (1920)  🔻
Antônio Pereira Cunha - Contos da minha terra (1846)  🔻
Aquilino Ribeiro - Filhas de Babilônia (1920)  🔻
Aquilino Ribeiro - Jardim das tormentas (1913)  🔻
Artur Azevedo - Um ingrato (traduzido para o espanhol, 1959)  🔻
Artur Azevedo - Contos em verso (1910)  🔻
Artur Azevedo - Contos Fora da Moda (1901)  🔻
Benedito Xavier - Contos da roça (1898)  🔻
Brito de Barros - Farpões (1885)  🔻
Bulhão Pato - Digressões e novelas (1864)  🔻
Camilo Castelo Branco - A Noiva do Enforcado (1877)  🔻
Camilo Castelo Branco - Novelas do Minho (1877)  🔻
Camilo Castelo Branco - O Cego de Landim (1877)  🔻
Camilo Castelo Branco - O Comendador (1877)  🔻
Camilo Castelo Branco - O Degredado (1877)  🔻
Camilo Castelo Branco - Maria! Não me mates, que sou tua mãe! (1848)  🔻
Carlos Jansen - Contos seletos das Mil e uma noites (1908)  🔻
Coelho Neto - A mais pobre (Conto Avulso)  🔻
Coelho Neto - As Sete Dores de N. Senhora (1924)  🔻
Coelho Neto - Conversas (1911)  🔻
Coelho Neto - Fabulário (1919)  🔻
Coelho Neto - Frutos do Tempo (1919)  🔻
Coelho Neto - Na varanda ao luar (Conto Avulso)  🔻
Coelho Neto - Núpcias (Conto Avulso)  🔻
Coelho Neto - Poesia de Pastor (Conto Avulso)  🔻
Coelho Neto - Sertão (1919)  🔻
Contos a meus filhos, escritos em alemão por Kotzebüe; vertidos em português por Caetano Lopes de Moura (1838)  🔻
Contos e poesias açorianas  🔻
Contos para as choupanas (1863)  🔻
Eça de Queirós - Contos (1907)  🔻
Fialho de Almeida - Contos (1881)  🔻
Fialho de Almeida - O país das uvas (1893)  🔻
Fialho de Almeida - Os Gatos (1882)  🔻
Fidelino de Figueiredo - O Órfão  🔻
Filinto Elísio - Fábulas (1818)  🔻
Francisca Júlia - Livro da Infância (1899)  🔻
Francisco Lourenço da Fonseca - Florkowski: Episódio da sublevação da Polônia (1866)  🔻
Gabriela de Jesus Ferreira França - Contos brasileiros (1893)  🔻
Garcia  - História de uma garrafa (Conto Avulso)  🔻
Gaspar Pires de Rebelo - Novelas exemplares (1761)  🔻
Gil Augusto - Gente de palmo e meio (1913)  🔻
Guerra Junqueiro - Contos para Infância (1877)  🔻
Guimarães Júnior - Contos sem pretensão (1872)  🔻
Gustavo Barroso - Alma sertaneja (1923)  🔻
Guy de Maupassant  - A Guerra (Conto Avulso, 1916)  🔻
Guy de Maupassant  - O Dote de Jeanne (Conto Avulso)  🔻
Guy de Maupassant  - Uma Louca (Conto Avulso)  🔻
Hans Christian Andersen - Mãe (Conto Avulso)  🔻
Herálcio Perez Placer - Contos da Terrinha (1895)  🔻
Humberto de campos - Alcova e Salão  🔻
Humberto de campos - Gansos do Capitólio  🔻
Humberto de campos - Pombos de Maomé  🔻
João da Câmara - Contos (1900)  🔻
João de Andrade Corvo - Contos em Viagem (1887)  🔻
João do Rio - A mulher e os espelhos (1919)  🔻
João do Rio - Dentro da noite (1910)  🔻
João do Rio - Rosário da ilusão  🔻
João do Rio - Vida vertiginosa (1911)  🔻
João do Rio - O bebê de tarlatana rosa (1925)  🔻
João Ribeiro - Crepúsculo dos Deuses (contos e histórias traduzidos do alemão, 1905)  🔻
João Ribeiro - Floresta de exemplos (1931)  🔻
João Vaz - Vila nova de Gaia (1868)  🔻
Joaquim Manuel de Macedo - Os Romances da Semana (1873)  🔻
Júlia Lopes de Almeida  - A Boa Fada (Conto Avulso, 1916)  🔻
Júlia Lopes de Almeida - Eles e Elas (1910)  🔻
Júlio César Machado - Contos ao Luar (1889)  🔻
Júlio Dantas - A Mulher de Branco (Conto Avulso)  🔻
Júlio Dantas - Espadas e rosas (1919)  🔻
Júlio Dantas - Maridos (Conto Avulso)  🔻
Júlio Dantas - Mlle. Nini (Conto Avulso)  🔻
Júlio Dantas - Silêncio (Conto Avulso)  🔻
Júlio Dantas - Verhaeren... (Conto Avulso)  🔻
Juvenal Tavares - A vida na roça (1893)  🔻
Las travesuras de Naricita (Reinações de Narizinho), traduzido para o espanhol por Ramon Prieto  🔻
Lima Barreto - Histórias e sonhos (1920)  🔻
Luís Ratozi - Amores pagãos (1934)  🔻
Machado de Assis - Contos fluminenses (1870)  🔻
Machado de Assis - Histórias sem data (1894)  🔻
Machado de Assis - Novas Relíquias  🔻
Machado de Assis - Outras Relíquias (1910)  🔻
Machado de Assis - Páginas recolhidas (1899)  🔻
Machado de Assis - Papéis avulsos (1882)  🔻
Machado de Assis - Relíquias de Casa Velha (1906)  🔻
Machado de Assis - Várias histórias (1896)  🔻
Maria Amália Vaz de Carvalho - Contos e fantasias (1905)  🔻
Mário de Alencar - Contos e impressões (1920)  🔻
Máximo Gorki  - Noivo Imaginário (Conto Avulso)  🔻
Máximo Gorki  - O Homem (Conto Avulso)  🔻
Medeiros e Albuquerque - Mãe tapuia  🔻
Miguel J. T. Mascarenhas - Um conto português - episódio da guerra civil - a Maria da Fonte (1873)  🔻
Mistérios do Morro de Santa Teresa  🔻
Monteiro Lobato - Cidades mortas (1991)  🔻
Nelson de Senna - Páginas tímidas (1896)  🔻
Norberto de Sousa - Flores entre espinhos (1864)  🔻
Norberto de Sousa - Romances e Novelas (1852)  🔻
O Caravançara, ou coleção de contos orientais traduzidos de um manuscrito persa (1883)  🔻
Olavo Bilac - Contos para velhos (1897)  🔻
Otávio de Teffé von Hoonholtz - Para ler na cama (1906)  🔻
Pedro Ivo - Contos (1895)  🔻
Pedro Rebelo - A alma alheia (1895)  🔻
Pinheiro Chagas - Novelas históricas (1869)  🔻
Rebelo da Silva - Contos e Lendas (1873)  🔻
Ribeiro de Sá - Contos ao serão  🔻
Rodrigo de Triana - Cinzas do Pecado (1933)  🔻
Rodrigo Paganino - Os contos do tio Joaquim  🔻
Rodrigues Sarmento - Contos ao soalheiro... (1876)  🔻
Serões literários (1869)  🔻
Sílvio Romero - Contos populares do Brasil (1885)  🔻
Teófilo Braga - Contos Fantásticos (1865)  🔻
Trindade Coelho - Os meus amores (1804)  🔻
Urbano Duarte - 1. O álbum do Fiúza; 2. Caça às pacas (Contos Avulso)  🔻
Urbano Duarte - O Andrade Caça às pacas (Conto Avulso)  🔻
Valdomiro Silveira - As Frutas (Conto Avulso)  🔻
Valentim Magalhães  - Vinte contos (1895)  🔻
Vicente Sobrinho - Contos e fantasias (1898)  🔻
Virgílio Várzea - Contos de amor (1901)  🔻
Virgílio Várzea - Mares e Campos  🔻
Virgílio Várzea - Rose-Castele (1893)  🔻
Viriato Correia - Novelas doidas (1921)  🔻
Visconde de Taunay - Ao entardecer (1901)  🔻
Wenceslau de Queirós - O Enterro de uma fada (Conto Avulso)
  🔻

Nenhum comentário:

Postar um comentário